Alegria que inspira e contagia

Paulo Roberto, Cobrador do Praia de Belas

Esses dias, meu assessor, José Antônio Célia, presenciou uma cena que inspira e dá esperança. Ao descer da linha 178 – Praia de Belas, no final da manhã, no centro, o cobrador Paulo Roberto desejou um ótimo dia aos passageiros com as benções de Deus. Surpresas e felizes com o gesto, as pessoas aplaudiram como forma de agradecimento.

Em segundos, todos se sentiram tocados e contagiados com a alegria de Paulo Roberto.

Gentileza gera gentileza.

E é uma escolha. Escolhemos ser educados, respeitosos, caridosos.

Na maior parte das vezes, temos opção. Mas é mais fácil reclamar ou se fazer de vítima. Difícil é aceitar que os problemas existem e que precisamos lidar com eles.

Acredito que o que nos define não são as circunstâncias e sim a maneira como lidamos com elas. E posso garantir: manter uma atitude positiva e esperançosa facilita muito a nossa vida!

E contagia.

Assim como contagiou o ato do Paulo Roberto, que de forma simples desejou o melhor que poderia para as pessoas: “um dia com as benções de Deus”.

Profundo, bonito, inspirador.

Evidente, temos problemas, passamos por dificuldades, sofremos. Nestes momentos, em especial, precisamos pensar e olhar além, pois não é de tristeza que vive o homem. Mas sim de uma esperança que nos motiva a sermos melhores, a buscar o bem do outro, a amar.

Neste final de 2019, próximos do Natal, do nascimento de Jesus, da virada de ano, de um 2020 que está chegando com muitas expectativas e possibilidades de mudanças, que tal refletirmos sobre a atitude que queremos ter daqui pra frente?

Como é a cidade que tu desejas morar? Vamos construir juntos!

Eu quero um lugar com mais esperança, respeito, caridade e honestidade!

Vamos aproveitar este período para refletir, mudar, melhorar.

Quem é a pessoa que tu queres ser para a tua família, teus amigos, o mundo?

Como tu queres que as pessoas se sintam na tua companhia? Alegres? Queridas? Amadas?

Que em 2020 possamos ter mais Paulos Robertos e Jesus nas nossas vidas!

Feliz Natal!!!

Dib é homenageado na Câmara

No dia 03 de dezembro, entregamos o Troféu Câmara Municipal de Porto Alegre para um dos principais políticos que a Cidade já teve, João Antônio Dib. Vereador, prefeito, líder de governo, conselheiro e presença viva da história de Porto Alegre!

Dib é uma referência para todos os assuntos e procurado, até hoje, para o debate de ideias!

Um grande homem, sem dúvida, e essa homenagem é apenas o reconhecimenoto de uma vida que foi dedicada a melhorar a capital dos gaúchos! Obrigado, Dib, pelo teu exemplo!!

 

Emendas aprovadas para o Orçamento de 2020

Protocolei 10 emendas parlamentares na Lei Orçamentária Anual (LOA) com o objetivo de responder a algumas demandas antigas dos porto-alegrenses. Do total, apenas duas foram aprovadas: a construção de uma ponte sobre o Arroio Dilúvio, ligando os dois sentidos da Avenida Ipiranga, na altura da Rua Attilio Bilibio, e a repavimentação da Rua Professor Freitas e Castro, no bairro Azenha.

As duas foram solicitadas pelos moradores para melhorar o deslocamento e mobilidade na Cidade.

As outras oito emendas, que não foram aprovadas, versavam sobre os seguintes temas:

  • Obra de redução do canteiro para aumentar a segurança do acesso da Terceira Perimetral para a Avenida Nilo Peçanha.
  • Obra de redução do canteiro da Avenida Aureliano Figueiredo Pinto, entre a Avenida Getúlio Vargas e a Avenida Praia de Belas, de forma a permitir a criação de uma terceira faixa para veículos.
  • Realização de obras para a ligação da Rua Clara Nunes com a Bento Silva Nunes – Diretriz 7000.
  • Realização de obras para a conclusão da Rua Gastão Rhodes, entre as ruas Vicente da Fontoura e Monsenhor Veras.
  • Realização de obras para a extensão da Rua Walton Pontes Carpes, possibilitando a ligação entre as avenidas João Salomoni e Monte Cristo.
  • Realização de obras para a conclusão da Rua Cônego Vieira da Soledade, entre as ruas Prof. Gilberto Jorge Gonçalves e Padre João Batista Reus.
  • Regularização urbanística da Vila Vale do Salso II, no Bairro Restinga – Projeto aprovado no DEMHAB em abril de 2017 (EU 002.332682.00.9.00000).
  • Instalação de semáforo no cruzamento da Rua Seis de Novembro com a Estrada Martim Felix Berta.

Visitas de Fé

Recebemos, na Câmara, a tradicional visita do pároco da Igreja São Vicente Mártir, padre Jaime Caspary, e sua comunidade, além da imagem e relíquia de São Francisco de Assis, diretamente da cidade de Assis.

Na primeira visitação, Padre Jaime falou na sessão plenária, explicando a história da devoção à Nossa Senhora Desatadora dos Nós, abençoou alguns gabinetes e a Capela Ecumênica da Casa, que é a única Câmara no Brasil que possui um espaço como este. O pároco também convidou os vereadores para a Romaria em honra à Santa, que ocorreu no dia 01 de dezembro, na qual participei juntamente com o vice-prefeito Gustavo Paim.

Já a imagem e relíquia de São Francisco de Assis foi trazido pela Ordem Franciscana Secular do Rio Grande do Sul, por meio do Frei Dorvalino, que rezou e abençoou o plenário da Câmara. A imagem passará por todas as cidades do Estado até o dia 02 de maio, quando será levada para Santa Catarina.

 

 

Progressistas terá candidatura própria em 2020

Lançada a pré-candidatura de Gustavo Paim (vice-prefeito) para a Prefeitura da Capital. POA 2020 já começou e o Progressistas apresentará um modelo de governo mais moderno e próximo dos porto-alegrenses por acreditar que as mudanças que a Cidade necessita só acontecerão com a união e o trabalho de toda a comunidade.

A responsabilidade é grande, mas nosso histórico de gestão com João Dib e Guilherme Socias Villela comprovam que o Partido está preparado para mais esse desafio. Como presidente do Progressistas de Porto Alegre, afirmo que Gustavo Paim é o nome que pode fazer Porto Alegre voltar a crescer e se desenvolver economicamente.

Movimento Bandeirante: um século promovendo a cidadania

“Vale a pena ser bom, mas o melhor é fazer o bem” é a frase, dita pelo fundador Robert Baden-Powell, que marca as atividades do Movimento Bandeirante que desde 1919 trabalha para a formação de valores e a vivência cidadã de crianças e jovens brasileiros. Inicialmente integrado apenas por mulheres, o Movimento possui programas inovadores de educação não formal, de desenvolvimento de liderança e de prática de cidadania e ajuda comunitária.

Porque para os seus integrantes o caminho para se conseguir a felicidade é fazendo as outras pessoas felizes.

Parabéns Movimento Bandeirantes pelos 100 anos formando e transformando vidas!

Quanto tempo de vida tu perdes no trânsito?

Foto: Claudio Fachel / Arquivo JC

Como Vereador e Presidente da Frente Parlamentar para a Melhoria do Trânsito – FRENTRÂNSITO – tenho me dedicado a estudar e buscar soluções para os problemas de mobilidade em Porto Alegre. Vejo e sinto a grande perda de tempo que os engarrafamentos acarretam.

Aliás, tu sabes quanto tempo perdes no trânsito?

Façamos a conta.

Hipoteticamente falando, em um trajeto de 20 minutos até o trabalho, a pessoa leva 40 minutos no horário de pico para chegar ao seu destino. Vinte minutos a mais na ida e na volta. Um total de 40 minutos por dia perdidos pela demora no deslocamento. Se multiplicarmos por cinco dias na semana e 30 anos de trabalho serão quase seis meses desperdiçados no engarrafamento. O que tu conseguirias fazer com todo este tempo a disposição?

A perda deste “semestre de vida” poderia ser evitado se tivéssemos um planejamento melhor de mobilidade urbana com mais investimentos da administração municipal nesta área. Algumas soluções são simples e minimizariam grandes problemas, como a instalação de siga livre, redução de canteiros (pouco aproveitados) para ampliação da pista de rolamento, automatização de semáforos e construção de passarelas para pedestres.

Isto melhoraria o tráfego do transporte coletivo e de automóveis, que correspondem a maior parte dos veículos que circulam no Município (cerca de um milhão de carros por dia útil).

Ou seja, todos os modais precisam trafegar em harmonia na Cidade com o transporte coletivo sendo priorizado, mas tendo em mente que só a criação de faixas exclusivas (como na Independência e Ipiranga) não acabará com os engarrafamentos nem fomentará o uso do ônibus.

Assim como construir ciclovias não planejadas não incentivará o deslocamento por bicicletas. É preciso fazer mais. É necessário planejar a mobilidade levando em consideração a geografia e a vocação de cada bairro. Está na hora de termos um programa efetivo e a longo prazo que melhore o trânsito na Cidade. E isso não se faz sozinho.

Quais são as tuas sugestões para melhorar a mobilidade em Porto Alegre?