Votação do Orçamento Municipal de 2020

Foto: Omar Freitas / Agência RBS

Foi aprovada, no dia 07 de outubro, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2020 que prevê um déficit de R$ 336,5 milhões. A despesa deverá ser de R$ 8,059 bilhões enquanto a receita será de R$ 7,723 bilhões. Segundo o Executivo, este déficit será suprido com as receitas extraordinárias previstas para o próximo ano.

Agora estamos discutindo a Lei Orçamentária Anual (LOA), que terá de ser aprovada até 05 de dezembro. Na proposta, a Prefeitura expõe que as receitas próprias deverão ser de R$ 4,3 bilhões, 55,2% do total, sendo R$ 2,420 bilhões serão arrecadados com IPTU, ISSQN e ITBI. Além disso, o objetivo do Executivo é captar R$ 900 milhões em investimentos para obras de infraestrutura viária, regularização fundiária e melhoria nas redes de abastecimento de água e esgoto.

No âmbito das despesas, a maior continua sendo com a folha de pagamento dos servidores ativos e inativos, na ordem de R$ R$ 3,6 bilhões. Apesar do valor elevado, este número é 4,5% menor em comparação a 2019. Já em Educação, Saúde e Saneamento serão gastos R$ 2,6 bilhões.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s