O copo meio cheio de Porto Alegre

Como ocorre em todo o final de ano, fazemos um balanço do que passou. Na maioria das vezes, não conseguimos fazer tudo o que gostaríamos e aí vem um velho dilema: olhar o copo como meio cheio ou meio vazio. Eu prefiro olhar como meio cheio e é assim que vou falar da Porto Alegre de 2018.

Apesar da atmosfera de que tudo está ruim e que as ruas estão repletas de buracos (e algumas realmente estão), muitas coisas positivas foram feitas.

No âmbito da Saúde, tivemos grandes progressos em 2018, como a abertura do Hospital Santa Ana, o aumento de leitos e dos atendimentos no Hospital da Restinga, redução na fila de espera para atendimento de especialidades, criação do programa para os moradores de rua e a abertura de postos de saúde até 22h.

Na Educação, começou-se a utilizar dados para medir a qualidade do ensino, aumentaram-se as vagas na educação infantil e os repasses às escolas comunitárias para profissionalizar o serviço e contratar mais professores.

Além disso, tivemos a abertura da nova Orla do Gasômetro, o início das obras no aeroporto Salgado Filho, entre outros avanços.

Aqui na Câmara, aprovamos projetos importantes como a Lei das Antenas, que regulariza e estabelece normas para sua instalação; o projeto das podas que facilita a solicitação à SMAMS e permite que o cidadão possa fazer a poda; o da Transparência, que estabelece que os órgãos do Município publiquem suas prestações de conta na internet; a criação da Previdência Complementar, benéfico para os servidores municipais e para a Prefeitura, pois possibilita que os trabalhadores ganhem mais sem onerar o Município; entre tantos outros.

Recebemos na Comissão de Finanças os presidentes do DMAE, EPTC, DMLU, PROCEMPA e CARRIS para apresentar a situação financeira e as perspectivas para o futuro de cada órgão. E os resultados foram bons. Apesar de algumas autarquias ainda terem déficit, é visível a melhora da gestão e o esforço para diminuir despesas.

Enfim, ainda temos muitas coisas a fazer para melhorar a Cidade e facilitar a tua vida. Tivemos vitórias e derrotas na Câmara, principalmente nas pautas para reverter o déficit orçamentário da Prefeitura. Entretanto, 2018 foi um ano importante. E em 2019 trabalharemos ainda mais para entregar a Porto Alegre que tu mereces.

Um comentário em “O copo meio cheio de Porto Alegre

  1. Caro Vereador Nedel…
    Excelente relato. Precisamos cada vez mais adotar uma nova visão, rompendo com a narrativa de que tudo está sempre ruim. Somos todos atores de mudança e as transformações que desejamos na cidade só se tornarão realidade com o engajamento e esforço conjunto de muitos. Saudemos as evoluções e nos coloquemos o desafio de fazer muito mais em 2019. Há sim muitos desafios a serem vencidos e buracos a serem tapados. Arregacemos, pois, as mangas e trabalhemos alinhados para buscar e construir soluções. Nossa cidade tem talento e criatividade de sobra para isso. Um abraço da equipe do Pacto Alegre….

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s